Trabalhos e Consultas Espirituais

domingo, 29 de abril de 2012

Cirurgia plástica em Belo Horizonte grátis..::



Cirurgia Plástica Gratuita em Belo Horizonte e Minas Gerais

Lista de Instituições de saúde que prestam gratuitamente serviço de cirurgia plástica em Belo Horizonte e outras cidades mineiras.
Esta página faz parte de Como Conseguir uma Cirurgia Plástica Gratuita.

Instituições que prestam serviço gratuito de cirurgia plástica:

Atenção: Ao ligar para os hospitais, diga que deseja falar com o "Serviço ou Setor de Cirurgia Plástica"

Hospital Belo Horizonte - Rua Rio de Janeiro 2760 - Belo Horizonte - MG Fone: 31 3444-6877    
Hospital Universitário São José - Rua Aimorés 2896 - Belo Horizonte - MG -  Fone: 31 3292-0414    
Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz De Fora - Rua Dom Viçoso 20 - Juiz de Fora - MG Fone: 32 3215-8282    
Universidade Federal do Triângulo Mineiro - Rua Getúlio Guaritá S/N - Uberaba - MG   Fone: 34 3318-5228    
Hospital Felício Rocho - Avenida do Contorno 9530 - Belo Horizonte- MG    Fone: 31 35147000    
Hospital da Baleia - Avenida do Contorno 4852 Conj. 604 - Belo Horizonte - MG  Fone: 31 3225-2500    
Hospital Mater Dei - Avenida do Contorno 5051 - Belo Horizonte - MG  Fone: 31 3223-8844    
Hospital das Clínicas Samuel Libânio - Rua Comendador José Garcia 777 - Pouso Alegre - MG -   Fone: 35 3422-2345    
Hospital de Clínicas Da Universidade Federal de Uberlândia - Avenida Pará 1720 Uberlândia - MG Fone: 34 3218 2159    
Hospital das Clínicas UFMG - Av. Prof. Alfredo Balena 110 7º Andar - Belo Horizonte- MG  Fone: 31 3409-9926    


Cirurgia plástica gratuita em Belo Horizonte e outras cidades de Minas Gerais

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Cirurgia plástica gratuita onde fazer?

Aqui no site podemos ver em outra parte veja em menu sobre cirurgia plástica gratuita, aqui vamos ver onde o pessoal da região oeste do Brasil podem procurar para fazer cirurgia plástica estética gratuita em Goías, Brasília, Mato Grosso e outros estados da região centro oeste.


Distrito Federal:
Hospital de Base de Brasília
Hospital Regional Asa Sul (Materno Infantil)
Hospital de Reabilitação Asa Norte
Hospital de Apoio (Oncologia)
Hospital Regional de Braslândia
Hospital Regional do Gama
Hospital Regional de Ceilândia
Hospital de Taguatinga
Hospital Sarah de Brasília

Goiás:
Hospital Materno-Infantil
Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Goiás
Hospital Araújo Jorge
Hospital de Doenças Tropicais de Goiânia
Centro Integrado de Saúde Mental Emanuel

Mato Grosso do Sul:
Hospital Santa Casa de Campo Grande
Hospital Universitário de Campo Grande (Be-a-Ba)
Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Petrossian
Hospital São Julião.

Dúvidas sobre rinoplastia:..

Rinoplastia:
Por que fazer Rinoplastia?
Riscos da rinoplastia:






Você tem dúvidas sobre a rinoplastia ?

Relacionamos as dúvidas mais freqüentes em nossos consultórios, sobre a Rinoplastia e esperamos que possam esclarecer adequadamente aos interessados, embora salientamos que estas respostas são muito genéricas, e não substituem as orientações específicas dadas pelo próprio cirurgião.

A partir de que idade se pode realizar a plástica do nariz ?
Podemos realizar a rinoplastia a partir dos 15 anos, quando o crescimento dos ossos nasais está praticamente definido.

Quem tem dificuldade de respirar pelo nariz pode aproveitar para tratar a respiração num só tempo ?
É muito freqüente a associação da correção estética e funcional do nariz, num só tempo cirúrgico. E como o nariz é uma “unidade funcional e estética” é importante que o cirurgião conheça e domine o nariz, a tal ponto, que opere com propriedade a estética e a função.

Quanto custa uma rinoplastia ?
O custo de uma cirurgia estética depende de vários fatores, entre eles: Renome do cirurgião; Investimento científico (participação em congressos, livros, cursos); Investimento na Clínica
(conforto, segurança, equipamentos) e Custos hospitalares (taxas hospitalares e medicamentos).
Daí porque existe variação de custo entre as diversas regiões do país ou entre os diversos profissionais de uma mesma cidade.

Qual a anestesia utilizada para a cirurgia plástica do nariz ?
Pode ser anestesia geral ou local, dependendo da experiência do cirurgião e do tipo de procedimento a ser realizado. De qualquer forma, tanto a anestesia local como geral são bastantes seguras, se realizadas em hospital bem equipado e por uma equipe bem treinada.

Na anestesia local, o paciente assiste a tudo ?
Não. É comum, nestes casos, a utilização de sedativos para deixar o paciente relaxado e semi-consciente, de modo que não há stress e sim cooperação do paciente

A cirurgia plástica do nariz pode deixar alguma cicatriz ?
A abordagem externa da rinoplastia ou, quando necessária, a ressecção de uma pequena parte das asas nasais deixam uma cicatriz discreta e de boa qualidade, que não incomodam aos pacientes. Não temos relatos de quelóide no nariz.

Quanto tempo dura uma cirurgia plástica do nariz ?
A duração da cirurgia varia entre 1,5 a 3 horas, dependendo do que for necessário realizar durante a cirurgia. Em muitos casos, o paciente recebe alta hospitalar no mesmo dia.

Qual o tempo de recuperação pós-operatória ?
Normalmente, é preciso um repouso relativo (de 3 a 5 dias) para a recuperação imediata. Decorrido este período, o paciente estará liberado para as suas atividades cotidianas, desde que não envolvam a possibilidade de trauma e que não hajam restrições com relação a sair com o curativo. Com 7 dias são removidos os pontos e renovado o curativo e com 15 dias é removido o curativo.

O que é preciso evitar no pós-operatório ?
Atividades físicas mais intensas (prática de esportes) por 30 dias. Exposição ao sol por 90 dias.

O pós-operatório é muito traumático ?
Não é comum queixa de dor no pós-operatório. O maior incômodo relatado pode ser a colocação de um tampão nasal. Porém muitos cirurgiões estão evitando o uso de tampão em cirurgias do nariz, evitando assim, um maior trauma pós-operatório.

Toda rinoplastia provoca aquelas famosas manchas roxas ?
Nem todos os pacientes desenvolvem hematomas. Mas quando eles surgem, podem apresentar intensidades diferentes, de acordo com a predisposição individual. Em média, sua duração vai de 05 a 07 dias.

O inchaço depois da cirurgia, dura quanto tempo ?
A duração e a intensidade do edema pós-operatório dependem de uma resposta cicatricial individual. Em média, o edema mais intenso dura cerca de 30 dias; um edema moderado vai do 2o. ao 3o. mês; e um edema residual pode perdurar do 4o. ao 6o. mês. Na fase inicial, o edema poderá se distribuir de modo irregular, dando um aspecto de assimetria na ponta, no dorso ou nas narinas.

Podem ocorrer resultados indesejáveis ?
A rinoplastia é um procedimento em que se busca evitar resultados artificiais ou não funcionais, mas pequenas alterações podem fugir ao controle do cirurgião (pequenas fibroses ou pequenas assimetrias), passíveis de uma correção posterior (retoque). O que pode concorrer para isto: tipo de pele; raça; exposição ao sol; fatores genéticos; dificuldades no trans-operatório; abandono das visitas pós-operatórias; e desobediência das orientações médicas. Os retoques (cirurgia revisional) estão presentes em aproximadamente 14% dos casos.

O que é a fibrose ?
Todo o nariz operado tem no seu processo de cicatrização, uma deposição de fibras de colágeno e elastina, substâncias responsáveis pela colagem dos tecidos que foram descolados. Por alguma razão, algumas pessoas desenvolvem um processo mais intenso entre o 2o. e o 3o. mês de recuperação, dando um aspecto de um nódulo circunscrito hipertrofiado. Para tratar, podemos aplicar uma infiltração tópica de corticosteróide ou realizar um retoque posteriormente.

Quando teremos o resultado final ?
Após a regressão do edema residual, a ponta nasal começa a passar por um processo de retração cicatricial, causando um certo grau de afilamento. O resultado final, portanto, se dá com 12 meses de pós-operatório.

Como escolher um médico para realizar uma rinoplastia ?
É importante, que o cirurgião tenha uma boa dedicação e experiência na área de nariz, já que esta é considerada por muitos, como a cirurgia plástica mais difícil. Outros aspectos que não podem ser esquecidos são: as referências de pacientes operados; os resultados que produziu; se é membro de alguma sociedade ou academia científica; se realiza atividades científicas (trabalho científico; cursos e congressos). Não se deve confiar em soluções mágicas e apelativas, como as que prometem corrigir o nariz sem cortes e cirurgias. Entre as entidades científicas que avalisam os médicos que atuam na área estão: A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)para os cirurgiões plásticos; e a Academia Brasileira de Cirurgia Plástica Facial (ABCPF) para os otorrinos.

O Otorrino pode realizar a uma Rinoplastia ?
Sim. Parte dos otorrinos atuam na cirurgia plástica facial, uma vez que esta é uma das áreas de atuação da otorrinolaringologia; estando presente na formação teórico-prática dos médicos residentes e; nos congressos e cursos promovidos pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia. Existem em todo mundo, várias Sociedades de Cirurgia Plástica Facial, representadas internacionalmente pela IFFPS (International Federation of Facial Plastic Surgeous). Aqui no Brasil temos a Academia Brasileira de Cirurgia Plástica da Face (ABCPF)como entidade que congrega e desenvolve cientificamente os otorrinolaringologistas que atuam nesta área.

QUAIS SÃO AS INDICAÇÕES DE CIRURGIA NO NARIZ?

Diversas são as indicações, que podem ser dividas em: Funcionais, Reparadoras e Estéticas.

Das indicações funcionais as mais comuns são o tratamento da obstrução nasal (em geral causadas por desvios de septo e aumento das conchas nasais) e as sinusites.

Dentre as reparadoras estão as fraturas nasais, os tumores de pele e as deformidades congênitas. As correções das alterações estéticas visam a remodelação nasal e não apenas a sua redução, devendo sempre está associada a melhora da função nasal e a busca de naturalidade nos resultados.

COMO É A ANESTESIA NA CIRURGIA DO NARIZ?

Na maioria dos casos preferimos realizar o procedimento sob anestesia geral, que em rinoplastia é mais seguro para a via respiratória. Em casos selecionados pode-se realizar sob anestesia local com sedação.

QUAIS OS AVANÇOS DA CIRURGIA DE NARIZ NOS ÚLTIMOS ANOS?

A Cirurgia do nariz mudou radicalmente nas últimas duas décadas. Hoje não usamos mais os terríveis tampões nasais do passado. Entramos na era da videoendoscopia e operamos com uma visualização infinitamente superior do que há 15 anos atrás.

A RINOPLASTIA É UMA CIRURGIA ESTÉTICA OU REPARADORA?

O nariz é um exemplo de órgão onde não se pode separar a estética da função. Toda intervenção estética nasal tem repercussões na função nasal. É muito importante o conhecimento da função nasal por parte do cirurgião que está realizando a rinoplastia.

QUAL O MÉDICO QUE REALIZA A RINOPLASTIA?

No Brasil a rinoplastia é realizada principalmente pelos cirurgiões plásticos, porem, alguns otorrinolaringologistas também a realizam.

Normalmente a formação do médico cirurgião plástico é mais forte na parte estética e do otorrino na parte funcional, porem, o ideal é que esta cirurgia seja realizada por um médico que tenha as duas formações para que se obtenham os melhores resultados tanto estéticos como funcionais.



A INFILTRAÇÃO DE “PRODUTOS” (BIOPLASTIA) NO NARIZ É SEGURA?

Não! Inúmeros problemas vem sendo relatados com a infiltração de diversos produtos químicos no nariz, como o PMMA (polimetilmetaacrilato).

Na verdade esta idéia não é nova. Ao longo do último século dezenas de produtos diferentes já foram testados, sem sucesso. O nariz é uma estrutura que não se adapta bem a estes “corpos estranhos” nele infiltrados.

Uma rinoplastia realizada por um cirurgião experiente neste procedimento produz os melhores resultados estéticos e funcionais, sem nehuma dúvida.

COM QUE IDADE PODE SER REALIZADA UMA CIRURGIA DE NARIZ?

As cirurgias nasais funcionais são realizadas até mesmo em crianças pequenas, desde que exista uma necessidade bem definida. Já a rinoplastia deve-se esperar por pelo menos 15 anos de idade, quando as estruturas nasais e faciais estão desenvolvidas.

HÁ CICATRIZES EXTERNAS NA CIRURGIA DO NARIZ?

A maioria das cirurgias funcionais pode ser realizada apenas com incisões internas. As rinoplastias estéticas podem ser realizadas tanto com incisões totalmente internas (chamadas de rinoplastia fechada), como com a associação de pequenas incisões externas que são praticamente imperceptíveis (chamadas de rinoplastia aberta). Normalmente realizamos a rinoplastia aberta em 70% dos casos.

UM NARIZ TORTO OCORRE DEVIDO AO DESVIO DE SEPTO?

Não apenas devido o desvio septal, mas em geral várias estruturas nasais estão desviadas em um nariz torto. É necessária a correção tridimensional para se obter os melhores resultados. Com muita freqüência usamos a rinoplastia aberta no tratamento do nariz com desvios.

QUANTO TEMPO DURA UMA RINOPLASTIA?

Em média dura cerca de 2 horas. Antigamente era comum esta cirurgia ser realizada sob anestesia local e durar apenas 20 ou 30 minutos, apresentando maior número de complicações. Com o melhor entendimento das estruturas e fisiologia nasal, este procedimento evoluiu e é hoje considerado um procedimento para ser realizado de forma minuciosa e por um cirurgião com grande experiência nesta cirurgia.

QUAL O TEMPO DE INTERNAÇÃO?

De 12 a 24 horas.

O NARIZ FICA MUITO TEMPO INCHADO?

Após uma rinoplastia cerca de 70% do inchaço regride no primeiro mês, porem, os 30% restante demoram bem mais. Nas rinoplastia abertas é comum os pacientes notarem a ponta nasal “durinha” e “dormente” por alguns meses. Essas alterações retornam lentamente ao normal no 1º ano após a cirurgia.

POR QUANTO TEMPO SÃO UTILIZADOS CURATIVOS?

Após o término da rinoplastia o nariz é mantido imobilizado com “aquaplast” (molde plástico) por cerca de 7 a 10 dias. Quando tratamos o desvio septal, muitas vezes utilizamos “splints” plásticos que modelam o septo e evitam a formação de aderências, aumentando a segurança da cirurgia.

A RINOPLASTIA É DOLOROSA?

A queixa pós-rinoplastia é de obstrução nasal nos primeiros dias e não de dor. A maioria dos pacientes não se queixa de dor, porem, pacientes portadores de enxaqueca, podem, durante os primeiros dias de obstrução nasal apresentar dor de cabeça, devendo ser usada medicação para a enxaqueca.

COMO VAI FICAR MINHA RESPIRAÇÃO APÓS A CIRURGIA?

Em quase 100% de nossas cirurgias vemos a necessidade de abordar e adequar o espaço respiratório nasal ao “novo” nariz pós – rinoplastia. Mesmo que o objetivo da cirurgia seja somente estético, avaliamos e abordamos de forma preventiva o espaço respiratório. Deixar de tratar um desvio septal ou um corneto grande, pode levar à piora da respiração no pós-operatório.

QUANDO PODEREI FAZER EXERCÍCIOS FÍSICOS?

Exercícios físicos “pesados”, como correr, nadar, musculação, somente são permitidos após 1 mês da cirurgia. Esportes de contato devem esperar 2 meses.

A RINOPLASTIA PODE SER ASSOCIADA A OUTRA CIRURGIA PLÁSTICA?

Sim! É comum a associação da rinoplastia com cirurgias de desvio septal e sinusite, e ainda com outras cirurgias plásticas como: prótese de silicone nas mamas, lipoaspiração, lifting facial, lipoescultura facial, blefaroplastia, dentre outras. A viabilidade da associação será avaliada pelo cirurgião, levando em consideração o tempo cirúrgico e as condições clínicas de cada paciente.

domingo, 22 de abril de 2012

Anestesia nas cirurgias plásticas..:

Riscos e informações sobre anestesia em cirurgia plástica:



Tipos de Anestesia

Um dos assuntos que mais causam temor nos pacientes que pretendem submeter-se a uma cirurgia plástica diz respeito à anestesia. É bastante freqüente, seja no consultório ou através do blog, manifestações de apreensão quanto à segurança dos tipos de anestesia, em especial da anestesia geral.




Eu atribuo este temor ao medo do desconhecido. Tudo que nos é estranho pode causar um desconforto, um certo temor. Somem-se a isso as notícias esporádicas sobre complicações anestésicas que são abordados com o costumaz sensacionalismo e o resultado será um grande número de pacientes temerosos não com a cirurgia em si, mas sim com a anestesia.

Como se não bastasse, é cada vez mais freqüente, “profissionais de medicina estética” e até mesmo alguns colegas cirurgiões plásticos alardearem que a anestesia local é a mais segura, imputando equivocadamente uma aura de insegurança aos outros métodos anestésicos, em especial à anestesia geral. A verdade é que por trás desta “preocupação com a segurança” esconde-se o desejo de reduzir os custos da cirurgia e até mesmo realizá-la no consultório, sem a indispensável infra-estrutura que hospitais e clínicas oferecem.

Sempre que sou questionado sobre a segurança da anestesia respondo para meus pacientes que eu NUNCA presenciei qualquer complicação anestésica que levasse o paciente a óbito ou mesmo a qualquer seqüela. Nas últimas décadas, a maior compreensão da fisiologia humana, o refinamento dos exames pré-operatórios, o desenvolvimento de novas drogas anestésicas e o uso rotineiro de métodos cada vez mais precisos para monitorização do paciente, tornaram a anestesia uma prática extremamente segura.

Os principais tipos de anestesia são:

I – Anestesia Geral – Através de drogas venosas e/ou inalatórias o paciente é mantido inconsciente, imóvel e sem dor durante toda a cirurgia.

II – Anestesia Regional – Neste grupo encontram-se as famosas Anestesia Peridural e Raquianestesia. São realizadas através do depósito de drogas anestésicas próximas a medula espinhal. Desta forma fica bloqueada a transmissão para o cérebro dos estímulos dolorosos, proporcionando assim a anestesia do segmento do corpo onde será realizada a cirurgia.
Os bloqueios de nervo também pertencem ao grupo da Anestesia Regional. Consistem na infiltração de anestésicos na cercania do nervo responsável pela sensibilidade do segmento do corpo que será operado. Um exemplo clássico é o Bloqueio Axilar nas cirurgias da mão.

III – Anestesia Local – Realizada através da infiltração de anestésicos diretamente no local a ser operado. Seu uso é limitado uma vez que a partir de uma determinada quantidade os anestésicos locais passam a ser tóxicos para o organismo.

Cada método anestésico possui suas vantagens e desvantagens. Porém todos, sem exceção, são extremamente seguros. A pergunta a ser feita não é qual o método mais seguro e sim qual a melhor anestesia para a cirurgia a qual serei submetido. O anestesista é o profissional qualificado para definir o melhor método anestésico e sua decisão baseia-se nas características do paciente e no tipo de cirurgia, com o intuito de garantir segurança e conforto para o paciente, assim como as melhores condições para que a cirurgia transcorra da melhor maneira possível.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Tem que parar de fumar para fazer plástica

Para fazer uma cirurgia plástica é muito bom que pare de fumar pelo menos seis meses antes para que a cicatrização fique perfeita e não aconteça sangramentos.
A cirurgia plástica de pálpebras a "Blefaroplastia" é especial neste tema, pois a cicatrização tem que ficar perfeita, a plástica é no rosto, e o sangramento pode ser grande nos cortes das pálpebras. Para fazer a Blefaroplastia é necessário que pare de fumar pelo menos seis meses antes da cirurgia. Claro que outras plásticas também é necessário fazer isso mas com a Blefaroplastia é mais importante ainda.
O resultado da plástica pode ficar horrível por causa da cicatriz e do sangramento que tem que fazer cauterização.
A nicotina faz com que os vasos sanguíneos se contraiam ou se comprimam, reduzindo o fluxo de sangue da pele," disse o doutor Darshan Shah, cirurgião plástico de Bakersfield, Califórnia. Complicações pós-operatórias incluem má cicatrização, maior risco de infecção, hematomas que demoram a desaparecer e cicatrizes vermelhas e salientes.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Queimaduras com depilação a laser..::

A depilação é um ótimo método para retirar os pelos e ficar com o corpo liso sem precisar fazer depilações constantes. A depilação a laser é também conhecida como a depilação definitiva.
Há vários aparelhos de depilação a laser e todos eles trabalhando de modo a focar somente no pelo. O laser atinge somente a parte escura do pelo, pelos escuros e não percebe a pela clara por isso dificilmente ocorrerá queimaduras pois a pele é branca e os pelos são mais escuros e o laser vai reconhecer somente a parte escura que é do folículo piloso.
Raramente podem acontecer queimaduras por laser, isto acontece por alguns motivos:
- Quando a pela pode ter algumas manchas mais escuras
- Manipulação da máquina do laser com uma voltagem mais alta que deveria ser para aquela pele.
- Quando os pelos são muito finos e a operadora do laser tem que aumentar a voltagem para captar essas penugens.

No geral, a queimadura é de segunda grau e exige um tratamento como queimadura de segunda grau. A queimadura de segunda grau é aquela que pegou um nível inferior da pele do que o da queimadura de sol por exemplo. A queimadura de segunda grau é identificada pelas bolhas. Somente há bolhas em queimaduras de segunda grau.

Tratamento:

plique uma compressa fria sobre a pele queimada. Enrole um bloco de gelo em uma toalha e segure-o sobre a área por aproximadamente 15 minutos. Tirá-lo por 15 minutos antes de reaplicar para a área. Continue esse processo para 01:59 horas.

Espalhe uma fina camada de creme de hidro cortisona sobre a área queimada. Disponível na maioria das farmácias e supermercados, creme de hidro cortisona acalma a pele irritada e reduz o inchaço. Beber muita água. A pele queimada é severamente desidratados.

Despeje o leite sobre a queimadura. Você também pode mergulhar uma bola de algodão no leite e mantenha-o sobre a área afetada por alguns minutos. O leite contém, naturalmente, as propriedades calmantes que aliviam a dor.

Leve à geladeira uma garrafa de aloé vera gel por 20 minutos. Aplique o gel para a área queimada. Este tratamento natural hidrata a pele e alivia a sensação de queimação. Escolha todo-natural gel de aloé vera, que é livre de fragrâncias e corantes.

Fique fora do sol. Depois de ter uma queimadura de laser, sua pele é extremamente suscetível a danos do sol. Se você deve estar fora, cubra a área com roupas de proteção e protetor solar. Optar por um protetor solar de amplo espectro com um nível de FPS alto.

Consulte um médico se a sua queimadura a laser não melhorar. Se não é a cura de forma adequada, a queimadura pode ser infectado.
As queimaduras são fáceis de serem infeccionadas.

A depilação a laser não deve causar esse problemas pois as causas têm que ser vistas e analisadas pelo médico ou clínica responsável, e geralmente as pessoas que sofrem esse mal recorrem a justiça e a probabilidade de ganhar a causa é grande. Uma paciente ganhou R$ 15000,00 reais por danos morais conforme abaixo:

A 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio condenou o Centro de Cirurgia Plástica e Reabilitação (CCPR) e Marily Wisnescky a pagar R$ 15 mil de indenização por dano moral a uma cliente que sofreu queimadura durante sessão de depilação a laser. Os réus também terão que pagar R$ 988,41 para reparação dos danos materiais.

Vanessa de Souza conta que a queimadura provocou fortes dores e estado febril, além de ter ficado com manchas que demoraram dois anos para desaparecerem.

“Considerando-se que ela foi até a ré em busca de providência tendente a lhe alcançar um determinado resultado estético, é enormemente gravoso que saísse de lá desfigurada. Assim, evidenciada a ilicitude da conduta e presente o nexo causal, exsurge a responsabilidade e o consequente dever de indenizar os danos ocasionados”, destacou a relatora do processo, desembargadora Marilene Melo Alves.

Nº do processo: 0005992-79.2006.8.19.0210

Caso você não queira entrar em processo contra a clínica você pode entrar num acordo solicitando um valor para que a indenização não demore a chegar pela justiça. Você pode pedir uns R$ 10.000,00 para não processar ou mesmo escolher uma cirurgia plástica ou outro procedimento estético de alto valor.

Caso você sofreu queimadura por depilação laser mostre essa postem a clínica para que esta tome consciência e resolva seu problema indenizando a ou mesmo reembolsando com um tratamento de cirurgia plástica, isto seria um acordo para não entrar na justiça pois as duas partes sairiam ganhando. Lembrando que as manchas pela queimadura de laser podem ser para sempre ou demora anos para sumir conforme o grau da queimadura.